APRESENTAÇÃO: "Elas cantam amor"



NUNCA eu tivesse querido
dizer palavra tão louca:
bateu-me o vento na boca,
e depois no teu ouvido.

Levou somente a palavra
deixou ficar o sentido...

(Cecília Meireles. Canção, in: Viagem: 1939)


Uma das qualidades da poesia feminina é a externalização sincera dos sentimentos do eu-emotivo.

Com maior ou menor intensidade, é observável que o “amor” é um dos temas que perpassa a lírica feminina. Seja o amor sensual e/ou metafísico, a poesia realizada por mulheres se reveste de múltiplos sentidos e expressa a ânsia de completude, a saudade, a inquietação física e as dores do vivido e/ou não-vivido.

Em razão das comemorações alusivas ao dia dos namorados, o “Maria Clara: simplesmente poesia” traz uma seleta de textos intitulada: “Elas cantam amor”, dividida em quatro partes que expressam as singularidades do universo poético feminino no tocante à externalização da afetividade, às idéias e às sensações que lhes são pertinentes.

Na primeira parte da postagem, destacam-se poemas onde o eu-emotivo proclama o desejo de realização e/ou busca por uma compreensão aos sentimentos de amor. Comportando textos das poetisas Adrianna Coelho, Solange Maia, Mirse Souza e Úrsula Avner.

Na segunda parte, os poemas tematizam o amor sensual, aquele que, como diria o poeta, “arde sem se ver”... Nesse bloco destacam-se textos da poetisa portuguesa Mariab e das brasileiras Mercedes Lorenzo e Beatriz.

Na terceira parte, a postagem comporta poemas que tratam da saudade, do retorno às amáveis lembranças e aos motivos que levam o eu-lírico ao canto amoroso, destacando-se poemas das nordestinas Lou Vilela e Hercília Fernandes, e da portuguesa Graça Pires.

Na quarta parte da matéria, a postagem tematiza as inquietações, turbulências e adversidades pertinentes às relações afetivas, onde se apresentam poemas das poetisas Adriana Godoy, Nina Rizzi, Líria Porto e Adriana.

A postagem comporta, ao todo, 14 textos poéticos. Sintam-se convidados a uma viagem onírica pelos labirintos do amor através das impressões digitais das belas vozes femininas in destaque.


Amáveis Saudações,

Maria Clara...



11 comentários:

Mirse disse...

Uma bela apresentação, Maria Clara!

Creio que os leitores, além do belo poema da Cecília, terão oportunidade de conhecer o mundo do eu lírico feminino.

Suas palavras abrangeram a perfeição sobre esse tema.

Parabéns!

Beijos

Mirse

fred disse...

Ainda que eu me dispusesse (mas não me disponho jamais porque poesia não é miss desfilando passarela de concurso), não poderia destacar uma entre as quatro partes, nem algum(ns) entre os poemas que as integram, conquanto, é obvio, eu tenha preferências que prefiro não declarar.]
O longo prólogo é apenas porque gostei tanto deste post que fiquei envergonhado de passar sem comentar ou de deixar apenas o registro curto e grosso dizendo: gostei.
Parabéns e beijos para Adrianna Coelho, Solange Maia, Mirse Souza, Úrsula Avner, Mariab, Mercedes Lorenzo, Beatriz, Lou Vilela, Hercília Fernandes, Graça Pires, Adriana Godoy, Nina Rizzi, Líria Porto e Adriana.

Maria Clara Pimenta disse...

* Mirse,

fico feliz que tenha apreciado o post. Mas, o mérito é todo dos textos poéticos, portanto de vocês.

* Fred,

muito me alegra a sua presença e calorosas palavras. Sinta-se sempre muito querido, poetíssimo, no Maria Clara.

Forte abraço, meus queridos!

Adrianna Coelho disse...


Como já disse a Mirse, uma bela apresentação.
Desde já, agradeço estar entre as poetisas selecionadas e neste lindo espaço.

beijos a todas.

Hercília Fernandes disse...

Maria Clara, é uma honra integrar o Simplesmente Poesia e este post, dividido em quatro blocos, que tematiza o amor a partir de vozes femininas:

Adrianna Coelho,
Solange Maia,
Mirse Souza,
Úrsula Avner,
Mariab,
Mercedes Lorenzo,
Beatriz,
Lou Vilela,
Graça Pires,
Adriana Godoy,
Nina Rizzi,
Líria Porto,
Adriana

meus cumprimentos.

Beijos em todas,
H.F.

líria porto disse...

uma honra e uma alegria estar aqui entre belos versos do universo feminino.
gracias! besos!

Adriana disse...

Maria CLara,
Estou encantada com tudo aqui.Priemiro pelo belo texto falando da poesia feminina.E logo em seguida, me delicio com os poemas selecionados das queridas amigas.No final, fiquei muito lisonjeada em saber que tem um poeminha meu aqui.Adorei a homenagem, agora vou retribuir o mimo...Grande beijo à todas.

nina rizzi disse...

ai caramba!

que honra figurar aqui, que honra. obrigada :)

no ano passado tivemos aqui no dragão do mar um recital de poesia feminina. no flyer de apresentação estava escrito "literatura feminina não existe. e ponto". o que eu discordo, e aqui ficou lindamente claro: simplesmente poesia.

lindo. beijo :)

Graça Pires disse...

Maria Clara: gostei muito desta apreciação que faz da poesia no feminino onde as autoras expressam as singularidades do seu universo poético. Gostei da distinção entre as formas de sentir o amor. Li atentamente todos os poemas. Parabéns a todas. Sensibilizou-me estar entre este grupo que escolheu. Muito obrigada. Em beijo.

Lou disse...

Parabenizo ao “Maria Clara: simplesmente poesia” pela seleta elaborada de forma tão cuidadosa, que demonstra sensibilidade e, ao mesmo tempo, conhecimento.

Apesar de ter deixado um comentário em cada bloco, gostaria de enfatizar que fiquei encantada com a execução do canto - cada voz em seu tom compondo um arranjo harmônico e singular.

Aproveito para agradecer ao “Maria Clara:simplesmente poesia” por fazer parte desta seleta (me senti lisonjeada); a todos pelas demonstrações de carinho; às poetisas por suas belíssimas construções!

Abraços,
Lou

Maria Clara Pimenta disse...

Agradeço a todos os AMIGOS que vieram ler o post "Elas cantam amor", especialmente às vozes femininas.

Beijos em todos!