Do ido.

Jenni Penni

fervilham em mim
lembranças tuas
: olhos alma boca voz
pernas cheiro peito
falo: meu desejo
ainda é tão grande
quanto a saudade que
a tua falta me faz.

21/05/2011

Talita Prates - Historia da minha alma

5 comentários:

MIRZE disse...

Talita!

Sensualidade em dose mínima e que faz brilhar seu poema.

Lindo!

Beijos

Mirze

Carina B. disse...

Porque às vezes o que sobra é a falta.

E você traduziu isso do jeito mais bonito possível.

Beijos!

Wania disse...

Talita, ficou linda esta tua poesia!
Genial o jogo de palavras, ficou perfeita!

Bjs, amiga!

Adriana Godoy disse...

Talita, muito lindo e sensual. Perfeito. Beijo

Francy´s Oliva disse...

Pelo jeito não foi somente a lembrança que fervilha, mas, tudo e uma química intensa de sensações.