Am[i]n[ha]iótica...

Imagem da internet





Pelo cordão que me ata ao umbigo da noite

Chego ao mundo líquido dos sonhos

De onde nunca nasci



(Wania Victoria)







24 comentários:

MIRZE disse...

Wania,

Como gostaria de ter em minha memória essa fase da vida.

Belíssimo poema que diz muito do ser humano.

Beijos!

Mirze

✿ chica disse...

Impressionante tua inspiração <Wania! Cada dia melhor! beijos,chica

Lis disse...

Sua ótica poética irradia luz
numa noite cintilante
nasce assim a menina Wania Victoria
rs
um cordão de "encantaventos" .

beijinhos

Úrsula Avner disse...

Oi amiga,

um poema que fala do que está guardado em todo ser humano- o desejo inconsciente de ficar atrelado ao ventre materno, em vida uterina, livre de conflitos... Lindos versos ! Beijão.

myra disse...

aqui estou depois de um dia onde todos os blogueiros nao pudimos entrar para ver nem colocar alggo! e os comentarios de meu post anterior desapareceram!
comme toujours, amo o que escreve...
beijos

João Menéres disse...

Muito bom o teu poema.
Deixa-te estar por aí !

Nós conseguimos VER-TE.

Um beijo.

Lara Amaral disse...

Identifiquei-me muito, Wania, como sempre!

Delicado e sensível.

Beijo.

carikaturARTE disse...



"Parir pequenos poemas e cuidar destes versinhos!"


Maravilha Dra!

:)

MIRZE disse...

Cadê o post da Hercília e Fernando?

O collapse comments comeu?

NOOSSA! Tava tão lindo!

Francy´s Oliva disse...

Este nem sei o que comentar.
Bjs tenha uma linda semana.

carmen silvia presotto disse...

A tua poesia é líquida, ela nos embrenha poros a dentro, te ler sempre me desperta em mais versos.

Gracias, beijos e boa semana Wania.

Carmen.

Batom e poesias disse...

Você é uma estrela nas noites, minha querida.

bjs
Rossana

Wania disse...

Mirze


Acredito que você tenha...
Obrigada, amiga!

bjão

Wania disse...

Ahh, Chica!

Obrigada pelo incentivo!
Tua presença alegre me contagia e me inspira sempre!

Bjinhos

Wania disse...

Lis

Nem sei o que dizer, tu és sempre tão generosa nos teus comentários a respeito da minha poesia, só me resta agradecer a oportunidade de partilhar estes meus momentos contigo!:)

Bj no cuore!

Wania disse...

Úrsula

Quem não gostaria de viver em paz e harmonia, não é mesmo? ... mas o cordão não fica pra sempre! Seguimos sozinhos, mas tentanto sempre fazer o melhor!

Obrigada pelo seu olhar sobre os meus versos, eu gosto demais de te ler.

Bjão

Wania disse...

Myra

Eu agradeço a tua insistência, apesar dos problemas com o Blogger que se abateram sobre todos nós.


Como sempre, eu adoro te ver por aqui! Merci!

Gros bisou.

Wania disse...

João

Agradeço o carinho da tuas palavras, meu amigo! Que bom que conto com o teu olhar e olha que este teu olhar é preciso!


Bj grande

Wania disse...

Larinha, minha flor

Tem dias que a poesia nos "serve" como luva... sinal que compactuamos dos meus sentimentos que inspiraram esta escrita! ;)


Bj imenso

Wania disse...

Tonho

Gerar, parir e embalar... a poesia pede cuidados! ;)


Obrigada pela presença,
Bjsssssssss

Wania disse...

Francys

A poesia só cumpre seu papel quando é lida...


Obrigada pela leitura!
Linda semana pra ti tb,
Bjks

Wania disse...

Carmen

Tuas palavras são sempre pura poesia, minha amiga! Meus versos podem até te inspirar, mas é a tua sensibilidade que transborda a cada escrita!


Agradeço o sempre!
Uma semana iluminada pra ti tb,
Bjs

Wania disse...

Rossana

Quem me dera, minha querida!
Fazer parte deste céu já me faz muuuuito feliz!


Obrigada pelo brilho que sempre deixas por aqui,
Bjão

Rafaela G. Figueiredo disse...

que genial!
perfeito em cada ideia que percorre os poucos versos de múltiplos sentidos!