Crianser...





Eu tenho a curiosidade na ponta do dedo

Toco em tudo para saber o que é

E tudo me toca para mostrar quem eu sou



[Wania Victoria]




31 comentários:

José Sousa disse...

Olá... Estive lendo o seu espaço e gostei imenço.PARABENS e continue.
Conheça os meus em;
www.minhaalmaempoemas.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com
www.congulolundo.blogspot.com

Seja meu seguidor e tente deixar seu comentário onde outros não deixaram. Leia o meu perfil para saber o que sou.

Um grande abraço

tonhOliveira disse...



Ser tocante!

Tocou-me...

be:)o!

Mirze Souza disse...

Lindo Wania!

Mais uma vez lembro a necessidade do toque numa criança, num doente, em qualquer ser que se encontre fragilizado.

Sua curiosidade [e sábia....doutora!

Beijos

Mirze

Albuq disse...

Delicadeza é pouco para falar dessa magia que é a descoberta... achei muito delicado Wania, porque a criança toca para descobri e na mesma hora se descobre, descobre o quente, o frio, o bom, o ruim... e somos assim né? somos um conjunto de descobertas!
Lindas palavras e linda imagem!
bjs amiga!

Renata de Aragão Lopes disse...

A palavra primeira é essa mesmo:
DELICADEZA.

Que poemeto gracioso, Wania!
A ingenuidade pueril ao toque.

Beijo,
doce de lira

Batom e poesias disse...

Linda doutora, você está ficando especialista na arte de dizer muito em pequenos e singelos versos.

Grande poema, bem ao seu estilo maravilhoso.

Estou gostando cada dia mais, se é que é possível.

bjs na alma
Rossana

Lou Vilela disse...

Seu "Crianser" é perfeito! e imenso.

Beijos

Chica disse...

Muito lindo,Wania! Aqui ou lá, te ler é bom!beijos,chica

Adriana Godoy disse...

Uau, perfeito e lindo. beijo

Úrsula Avner disse...

Oi Wania,

quanta delicadeza em breves versos...Um mimo ! Bj com o carinho de sempre.

Úrsula

Lara Amaral disse...

Ah, Wania, tão lindo! Fiquei sem palavras, sou sempre tocada por vc, amiga.

Beijo grande!

Renata Luciana disse...

Sensores na ponta dos dedos. Belo!

Leonardo B. disse...

[da curiosidade de quem tudo encontra sem se procurar... da inocência que não adormece e sempre desperta]

um imenso abraço, Wania

Leonardo B.

Jéssyca Carvalho disse...

Ser sensível!
Sensibilizei-me, pois!

Crianser, pra sempre! [quem dera pudesse...]

Wania disse...

Olá, José


Que bom que tu gostaste do Maria Clara! Obrigada!

Passarei no espaço, com certeza!

Um Abraço

Wania disse...

Tonho

Não precisa muito para um criança nos "tocar"...não é mesmo?

Bj grande

Wania disse...

Mirze

O toque aproxima, sem dúvida e mais ainda naquele que já se acha "longe" pelas situações difíceis em que se encontra!

Obrigada, teu comentário sempre acrescenta!

Bjs, amiga!

Wania disse...

Marcinha

É mágico este "caminhar" de descobertas que a crinaça faz...e nós não perdemos, felizmente, este jeitinho! É bom ser descobrir... é bom saber que sempre podemos ir além!

Obrigada, tuas palavras aquecem...

Bj grande, minha querida!

Wania disse...

Renata

A curiosidade infantil sempre me fascinou. Ver aqueles dedinhos ágeis explorando tudo é muito bonito...às vezes, perigoso, mas aí entram as mães com seu sexto sentido para defendê-los dos perigos :))))


Agradeço a presença e o comentário.
Bjs

Wania disse...

Rossana, querida!

Acho que és tu que me lês com os olhos da amizade, isso faz com que tudo tenha mais cor e mais sentido...


Agradeço de coração as tuas palavras, sempre um vento soprando a favor e me levando mais longe!

Bj grande!

Wania disse...

Lou


Crianças são imeeensas mesmo!!!



Obrigada pelo toque macio das tuas palavras!

Bjo carinhoso

Wania disse...

Chica

Que delícia saber disso, agradeço o afago na alma!


Bjinhos delicados pra ti, minha querida!

Wania disse...

Dri

Uaaauuuu, digo eu!
Sem palavras pra agradecer!



Bjo grande, amiga!

Wania disse...

Úrsula

Este teu carinho de sempre me alimenta a Alma e a minha poesia!
Obrigada pela fartura!


Bjo imeenso

Wania disse...

Larinha

Tu que tens a sensibilidade à flor da pele! Ainda estás em pleno descobrimento... imagino o que não vem por aí!

Obrigada pelo sempre!
Bjinhos mil

Wania disse...

Oi, Renata Luciana


Eles tem e como sabem utilizá-los! Nós o que o digamos... :))



Obrigada pela presença!!

Bjs

Wania disse...

Leo querido!

Que lindo tudo encontrar sem se porcurar. A Natureza é sábia, ensina sem precisar se dizer professora! A inocência não perde tempo, sempre desperta!


Agradeço a presença e os belas palavras!

Bj carinhoso pra ti

Wania disse...

Jéssyca querida!


Quem dera a gente conseguisse esta proeza, crianser sempre! A vida, com certeza, seria mais simples e com sentimentos mais verdadeiros! Adulto complica tudo...

Que bom te ver por aqui!
Bjinhos.

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Wania
que lindo.....que jeito doce de dizer que o mundo e "eu" somos um só!

Hod disse...

Criança....criação...tudo pelo tato tudo pelo toque.
Brilhante Wânia....

Beijo pra vc.

Hercília Fernandes disse...

Assim é a criança na descoberta experimental do mundo, assim é o poeta quando reencontra sua infância adormecida...

Belo miúdo, Wania.
Amei!

Beijos com carinho,
H.F.