allegra
nina rizzi

ando completa de risos, palavras que me avoam
do alumbramento aos interlúdios,
entremeios que me fazem ser.

será o álcool, o fumo, a mulher,
cavalaria?

oculto dizeres, de apreços seus nomes, que basta:
se gosto sabores, me faço vícios.
*

14 comentários:

Talita Prates disse...

entremeios fecundos e fecundantes.

bjo, Nina.

Lou Vilela disse...

Lindo, Nina!!

Inversão: se me vicio, me faço sabores. ;)

Beijos

Assis Freitas disse...

Vc pediu eu vim te ver em outra página, sabores e vícios são o meu ofício.

Hercília Fernandes disse...

Belíssimo poema, me-Nina. Desses que a gente quer saborear = delicioso!

Beijos,
H.F.


P.S.: Hoje é o seu niver? Vi o marcador, ficou a dúvida...

Adriana Godoy disse...

Ninuska, que coisa linda e sensível. Amei. beijo.

Mirse Maria disse...

Lindo, Nina!

"se gosto sabores, me faço vícios"

Amei

Beijos

Mirse

Renata de Aragão Lopes disse...

Todos ficaram
com o desfecho!

Se gosta sabores,
que se faça vícios!

ESPETACULAR, NINA!

Um beijo.

BAR DO BARDO disse...

Gostei bastantão!

nina rizzi disse...

meninas e meninos, obrigada pela leitura e comentários, vcs enriquecem a poesia :)

e, não Hercília, o aniversário é da Allegra :)

beijos a tod@s.

Marcello disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcello disse...

Muito lindo....

Nina,abraços poéticos.

Beijos

RESILIÊNCIA disse...

Poetisa Lara

Como sempre...suas palavras brotam da alma. Lindo.

Batom e poesias disse...

Nina
Feliz quando alguém anda completa, alumbramentos e palavras que avoam é muito bom.
Irrelevante o motivo.
O bom vicia porque é bom...

bjs
Rossana

Braulio Pereira disse...

que lindo

como sempre o teu
luar tem feitiço

as tuas palavras
coloridas tem mais sabor

beijos :)*