Lourdes Nicácio e a arca do fim do mundo



Dilúvio



Agora vives

a construir um barco

Arca de fim do mundo.


Não vês

que o dilúvio

está em ti


que te arrebatas

em ondas

para o além de ti mesmo?


Quando não mais

te alcançares

em grãos de areia


ou terra

aqui

as sementes voam

desde as raízes


Quem te substituirá

na festa de Deus?


Desarma-te



by Lourdes Nicácio.




Breve Biografia:



Lourdes Nicácio - Maria de Lourdes da Silva - é sertaneja de Belém do São Francisco-Pernambuco. Possui formação em Letras e Pós-Graduação em Língua Portuguesa. Além de professora, editora, escritora, a poetisa é membro da Academia Recifense de Letras e da União Brasileira de Escritores-UBE/PE. Ao longo de sua carreira, Lourdes Nicácio recebeu vários prêmios e homenagens por diversas instituições. Participou de várias antologias e publicou 11 livros, alguns adotados por escolas pernambucanas. Atualmente, a poetisa difunde o seu recente livro: O lavrador e o templo, cujo espaço poético na Internet leva o título.



Para conhecer a sua obra:

  • Ritmo das águas vivas



*Imagens disponíveis no blog da autora.


9 comentários:

Mirse disse...

Muito lindo, texto - poema e divulgaçao de Lourdes Nicácio!

È sempre bom estar atento à novas visãoes da alma!

Parabéns, Hercília, e MC por nos prestigiar com essa obra!

Forte abraço

Mirse

Maria Clara Pimenta disse...

Mirse,

me apaixonei pela poesia da Lourdes Nicácio a primeira leitura.

Muito me realiza poder compartilhar com os amigos as pérolas da poesia feminina que vamos encontrando ao longo de nossos virtuais caminhos.

Fico feliz que tenha apreciado.

Muitos beijos :)

mariab disse...

belíssimo. adorei descobrir esta poesia.
beijos

Maria Clara Pimenta disse...

Obrigada, Mariab, por vir prestigiar. Eu também gostei, imenso, da poesia da Lourdes Nicácio.

Um forte abraço, minha querida!

Beijos :)

Lou Vilela disse...

Bela e cuidadosa apresentação de uma escritora singular.

Abraços

Maria Clara Pimenta disse...

Lou,

fico muito contente que tenha apreciado a bela voz da Lourdes Nicácio. Como disse, eu me apaixonei por sua escrita poética a primeira leitura.

Beijos, minha caríssima!

Forte abraço.

Úrsula Avner disse...

Lindo poema Maria Clara ! Gostei muito do estilo de escrita poética desta autora Lourdes Nicácio. Este blog nos permite conhecer e ter acesso a novos poetas e suas admiráveis obras literárias. Bjs.

Graça Pires disse...

Gostei imenso deste poema de Lourdes Nicácio.
"Não vês
que o dilúvio
está em ti"
Só nós mesmos podemos salvar-nos...
Um beijo.

Hercília Fernandes disse...

Úrsula e Graça,

grande sabedoria a Lourdes Nicácio apresenta em Dilúvio.

Com uma linguagem simples, porém bela e profunda, a autora nos leva a refletir o caos humano interior.

Particularmente, eu amei a escrita poética da Lourdes. E recomendo, aos leitores, uma visita aos espaços indicados na matéria. Vale a pena conferir a beleza de sua voz.

Nos contenta saber que vocês apreciaram mais esse número do Simplesmente Poesia.

Um forte abraço, queridas poetas!
H.F.