Do falo à fala

.
Tela de Vicente do Rego Monteiro


Meio loucas, meio santas
Rimam alternância
                            Lua
                                Sol

Meio putas, meio mantras
Freud em si
                    Menor
                             Bemol

Da penumbra à(o) Alvorada
Fiam rapadura
        Dão a cara à tapa
                 Parem rouxinol


Lou Vilela 
in Nudez Poética
.

4 comentários:

Aline disse...

freud... explica em si.

muito lindo!

Renata de Aragão Lopes disse...

Que escandâlo, Lou!!!

Meus aplausos de pé!

Beijo,
Doce de Lira

Lou Vilela disse...

Aline, tomara. rsrs

Beijos e obrigada pela presença!

Lou Vilela disse...

Renata,

Vindo de você o elogio tem um peso enorme! ;)

Bjs