Páscoa

Se morre um pouco a cada dia
quando não se ressuscita pela manhã.
É preciso voltar da noite
abrir os olhos ao sol
Tocar os pés no caminho.
Passar no tempo é viver.
Toda passagem é pessach,
Páscoa.


Desejo a todos uma vida cheia de resurgimentos nessa páscoa.

17 comentários:

Lara Amaral disse...

Oi, Dri, estava me perguntando onde vc estava, rs.

Que bom que veio deixar sua marca poética com essa mensagem tão delicada aqui.

Beijim, linda!

Adriana Karnal disse...

Larinha,
Você sempre presente, e é realmente um presente pra mim...bj pra vc tbm, querida.Eu ando sumidinha mesmo.rs

Úrsula Avner disse...

Oi Adriana,

belíssimo poema ! Um dos mais tocantes que já li de sua autoria... A analogia da nossa própria vida com a páscoa ou pessah ficou demais ! Bj,

Úrsula

Diana Valentina disse...

que sejam sempre passagens boas.
pra acordar.
pra morrer e ressuscitar.

tonhOliveira disse...



PAZ co'a VIDA FÉ(:z!

RenaScER ←

beijos!

Adriana Karnal disse...

Úrsula,
fico feliz e honrada que tenha gostado desse.Beijo pra vc!

Adriana Karnal disse...

Diana,
Sim, todos os dias temos uma nova chance de ser feliz, de passar da morte metefórica para a vida.Obrigada pelo comentário

Adriana Karnal disse...

Tonho,
fico muito feliz de te ver aqui. Sim, páscoa é um renascer, amigo.

Hercília Fernandes disse...

"Se morre um pouco a cada dia
quando não se ressuscita pela manhã"...

Adriana, seu poema é todo ele lindo. Os primeiros versos contêm uma sabedoria que se deve continuamente refletir.

Uma feliz Páscoa a você e aos seus familiares.

Forte abraço, Amiga!

Beijos,
H.F.

Fred Matos disse...

Belo poema. Bela mensagem.
Ótima Páscoa, Adriana, bem como para as outras amigas que são cúmplices neste "maria clara".
Beijos

Mirse Maria disse...

Lindo Adriana!

Há uma luz a cada renascer pós pessach.

Parabéns, amiga!

Feliz Páscoa a todos!

Mirse

Adriana Godoy disse...

Xará, que lindeza! Beijo.

Graça Pires disse...

Morrer quantas vezes se quer até nascer sem dor...
Um beijo e uma Páscoa com Amor.

Albuq disse...

Oi Adriana, desejo a você uma linda Páscoa, de muita reflexão e resurgimentos.

Lindo "Páscoa", adorei porque nele encontrei todo o sentido de Páscoa, do sofrimento a glória, da noite ao dia, da escuridão a luz, a passagem para liberdade...

Muito lindo!
bjs

Wania disse...

Adriana

É preciso voltar da noite
abrir os olhos ao sol


É esta esperança nos faz e nos mantem vivos...respirar é muito pouco!
Linda poesia, linda mensagem!


Um páscoa ensolarada pra ti e todos os teus, minha querida

Talita Prates disse...

Que a passagem sempre aconteça.
Que a gente possa escolher sempre a Vida.

Um bjo!
Gostei MUITO do poema.

Talita
História da minha alma

Lou Vilela disse...

O poema nos passa uma bela e otimista mensagem, Dri!

Bjs