* Desprendimento *

uma a uma
caem as flores ao chão
olhos coloridos
bem abertos
enxergam agora
de um novo lugar
ampliada visão
vento brinca ao redor

as flores
apenas observam


senil é o sonho
que se esconde
atrás das montanhas
cavalga incólume
no dorso do tempo
sem a dor do chicote
sem marcas de esporas

as flores
apenas observam


Úrsula Avner

14 comentários:

Úrsula Avner disse...

Queridas amigas do blog e visitantes,

meu dia de postagem seria amanhã- segunda-feira, entretanto, precisei postar hoje porque estarei extremamente atarefada nessa semana e provavelmente só terei acesso á internet na quarta-feira. Portanto, peço desculpas e a compreensão de todos. Um abraço afetuoso,

Úrsula

Hercília Fernandes disse...

Lindo poema, Úrsula.
O verso "as flores apenas observam" concentra as palavras que já não se deixam silenciar.

Muito bonito! Poema feminino de grande intensidade e beleza.

Beijos,
H.F.

Wania disse...

Úrsula

O DESPRENDIMENTO amplia a visão!
Observemos as flores...


Linda poesia, linda mensagem!
Bjão, minha querida!

Albuq disse...

Lindo o poema, linda a imagem, linda mensagem!

bjs e ótima semana!

Lara Amaral disse...

O delicado agir da flor perante a visão do mundo real.

Belo texto!

Beijo!

Daniel Moraes disse...

Ah! Se todas as pessoas tivessem essas concepção floral e delicada da vida. Tem texto no Sub Mundo. Um abraço.

http://submundosemmim.blogspot.com

Adriana Karnal disse...

Úrsula,
lindo poema.A imagem das flores ao chão é belíssima...

Mirse Maria disse...

Úrsula!

Belíssimo poema, onde o desprendimento brinca com o olhar. E as flores apenas observam!

Parabéns, amiga!

Beijos

Mirse

Talita Prates disse...

arrisco que as flores observam
e ainda brincam com o vento!

Belíssima reflexão, Úrsula!

Um bjo grande,

Talita.

Adriana Godoy disse...

Bonita imagem, lindo poema. Bj

Lou Vilela disse...

Sim, as flores observam... contudo, mudam de perspectiva. Texto reflexivo.

Bjs

Graça Pires disse...

As flores a alegrarem o tempo que passa. Belo, o poema.
Um beijo.

Úrsula Avner disse...

Hercília,

agradeço o carinho de sempre através de comentário sempre rico... Bj ;

Wania,

sua presença sempre amável é de grande importância para mim. Bj ;

Albuq,

agradeço a gentileza de sua visita e comentário. Um abraço.

Úrsula Avner disse...

Lara,

obrigada pelo pertinente comentário. Bj ;

Daniel,

agradeço sua visita e comentário. Assim que possível te visitarei. Um abraço.

Adriana e Mirse,

obrigada pelo carinho da visita e gentileza habitual nos comentários ;

Talita, Godoy e Lou,

agradeço a amabilidade da visita e comentários. Bj ;

Graça,

sua visita e comentários sempre me estimulam e alegram. Bj