“Caminho Indireto” por Hercília Fernandes e Fernando Cisco Zappa


Caminho Indireto


Talvez eu devesse ter um romance
tomar banho de sol quando
tudo é inverno.

..................Talvez eu devesse te levar a sério
...................sair da rotina, romper o pacto
...................com o tédio.

Talvez eu devesse aproveitar o dia
e acolher a sofia de uma nova
cor e idéia.

..................Talvez eu devesse ser lua adversa
...................ser mais ato e muito menos
...................conversa.

Talvez eu devesse ser manifesta
e [te] mostrar de uma vez:

..................- o caminho que vai, indireto,
..................das Índias às minhas cobertas!...


(Hercília Fernandes, in: Caminho Indireto)


Fomos surpreendidos, semana passada, na Blogosfera, com a declamação do poema Caminho Indireto - da poetisa norte-riograndense Hercília Fernandes - na voz, interpretação e produção do poeta mineiro Fernando Cisco Zappa.

O áudio consiste um belo presente do poeta à poetisa e fora disponibilizado, para apreciação dos leitores, no espaço poético da autora intitulado HF diante do espelho.

Fernando Cisco Zappa, além de declamar os versos de Caminho Indireto, estabelece diálogos entre textos, imagens e sonorizações, utilizando, como fundo musical, uma linda canção que acrescenta sentidos ao poema.

No Simplesmente Poesia, o áudio se encontra exposto logo acima e, atendendo a minha solicitação, fora me encaminhado diretamente pela autora para efeito de publicação.

Termino a postagem parabenizando aos dois poetas pela parceria estabelecida:

H. F. & Cisco Zappa recebam os meus sinceros cumprimentos por tão especial e poético trabalho.

Abraços em todos,
Maria Clara.


25 comentários:

Mirse disse...

O poema da Hercília, já é algo que foge aos parâmetros normais da beleza.
Acrescente-se à ele um feedback de um nível tão alto quanto este do Ferando Cisco Zappa, que alem de complementar, declamando , fez a música perfeita se encaixar no poema.
Foge à tudo de belo que já vi em termos de poesia.

Parabenizo a ambos e à você, Maria Clara pelo bom gosto.

Beijos aos tres

Mirse

Taninha Nascimento. disse...

Olá, Maria Clara.

Escrevi uma frase e , depois que li, gostei muito.

Fiquei pensando sobre ela, pra ver se havia algo de absurdo, tolo, de mal gosto ou algo assim. Mas sabe... Me apaixonei por minha frase. Pois percebo a cada nova [ou velha] leitura e fruição que - de fato -

"Os poetas se necessitam..."

Ficou belíssimo!

Abraços,
Taninha

Maria Clara Pimenta disse...

Mirse,

fiquei muito emocionada quando ouvi esse belo texto da Hercília na voz e interpretação do poeta Cisco Zappa. Esse é um trabalho tão belo, tão delicado que deve ser apreciado por muitos.

Obrigada, minha amiga, pela presença,

Abraços,
Maria Clara.

Maria Clara Pimenta disse...

Taninha,

belíssima a sua frase, “simplesmente poesia”!

Sim... “poetas se necessitam”, pois como nos diz o Poeta “navegar é preciso”.

Obrigada por tão generoso comentário, por suas lindas e sábias palavras. Parabéns!

Abraços,
Maria Clara.

BAR DO BARDO disse...

Excelente diálogo poético.

fernando cisco zappa disse...

agradeço a alegria dos sentimentos

os poetas se precisam
não com a precisão das respostas
mas com o entrelaçamento
das intenções expostas

sinto clara poesia
no diálogo entre vocês
mirse tânia maria

ficarei aqui
como aquela mariposa
que se encanta com a luz

abraços ternos,

fred disse...

Muito bom.
Maravilha.

Hercília Fernandes disse...

Maria Clara,

muito obrigada por contribuir para difusão do poema Caminho Indireto.

É sempre uma enorme alegria nos ler em outros espaços e/ou nos sentir na interpretação de outrem. O Fernando Cisco Zappa e, agora, você fizeram-me sorrir.

Mirze,
Taninha,
Cisco,
Fred
e todos os leitores do Simplesmente Poesia.

Agradeço-lhes as visitas, palavras e carinhos expressos.

Forte abraço em Todas e Todos,
H.F.

Hercília Fernandes disse...

Carinho especial ao "Henrique Pimenta" que me deixou ligeiramente "acanhada" com esse "excelente"...

Forte abraço, Bardo!

H.F.

Adriana disse...

Maria Clara,
PArabéns pelo seu blog, e sua homenagem muito justa.Volto sempre.

Lou disse...

Maria Clara,

Como já havia comentado por e-mail, parabéns pela escolha!

Ouvir o belo poema da HF na voz/arranjo do Cisco Zappa nos faz transcender.

Um abraço a todos,
Lou

Maria Clara Pimenta disse...

Pimenta,

feliz com a sua visita, poeta!

Beijinhos,

Maria Clara [a outra Pimenta].

Maria Clara Pimenta disse...

Cisco Zappa,

seja muito bem vindo ao Simplesmente Poesia.

Adorei o seu trabalho no poema da Hercília. Parabéns!

Abraços,

Maria Clara.

Maria Clara Pimenta disse...

Fred,

sinta-se muito querido em nosso blog. Você é muito especial, poeta!

Abraços,
Maria Clara.

Maria Clara Pimenta disse...

H.F.

Não há do que vc me agradecer, eu quem sou-lhe grata pela autorização e envio do HTML do poema, quando o solicitei.

Como disse, essa parceria deve ganhar ares! O trabalho ficou belíssimo!

Beijos,
Maria Clara.

Maria Clara Pimenta disse...

Adriana,

seja muito bem vinda. Apreciei muito o seu lirismo e o seu espaço.

Abraços,

Maria Clara.

Maria Clara Pimenta disse...

Lou, minha cara.

Concordo com as suas palavras, esse trabalho é muito bom e merece ser amplamente difundido.

Forte abraço, bela poetisa!

Maria Clara.

AC Rangel disse...

Hercília, parabéns. Belíssima poesia. Vc é poetisa de primeiríssima linha. Beijo

Adriana Godoy disse...

Conheci o poema no blog da H.F.. É realmente muito belo. Um diálogo fascinante. Beijo.

George Arribas disse...

Parabens a todas pelo belíssimo trabalho apresentado.
algo de muito bom gosto, de muita finura e muita delicadeza - lindos poemas, versos e toda a página.
Parabens mais uma vez !
Com muito carinho,
George Arribas

Hercília Fernandes disse...

AMIGOS,

agradeço as gentis visitas e considerações.

Um feliz Domingo de Páscoa para Todos e Todas.

Abraços,
H.F.

romério rômulo disse...

maria clara:
passo e me registro.
romério

Graça Pires disse...

Gostei imenso do poema da Hercília dito por Fernando Cisco Zappa, numa forma muito original de dizer...
O poema é lindíssimo.
"Talvez eu devesse ser manifesta
e [te] mostrar de uma só vez:
- o caminho que vai, indireto,
das Índias às minhas cobertas!"...
Parabéns e obrigada.

Hercília Fernandes disse...

Graça e Romério.

Fico feliz que tenham vindo ao cantinho da Maria Clara apreciar esse Caminho Indireto da poesia. Muito grata pela visita e considerações.

Forte abraço, queridos poetas!

H.F.

Maria Clara Pimenta disse...

Amigos,

agradeço a todos os que vieram ao Simplesmente Poesia beber um pouco do universo poético da Hercília Fernandes.

Sejam todos bem vindos ao Maria Clara: Simplesmente Poesia.

Beijinhos,

Maria Clara.